KEPServerEX - Plataforma de Comunicação


O KEPServerEX trabalha com uma grande variedade de softwares de automação industrial. Com isso, você tem flexibilidade para conectar os seus equipamentos de automação e trocar dados com quase todos os softwares disponíveis no mercado. Aplicativos de software com suporte a clientes OPC: DA, UA, .NET 3.0 ou A&E e interface DDE além das interfaces proprietárias para: o Intouch da Wonderware, iFix Proficy da GE. Para mais informações sobre os CLPs e equipamentos de automação que você pode interligar aos seus softwares consulte a Lista de Drivers de Comunicação do KEPServerEX.

Aplicações

Softwares SCADA/IHM - O uso mais comum do KEPServerEX é servir de ponte entre os softwares SCADA/IHM e os equipamentos de automação, permitindo que estes softwares tenham acesso aos dados de processo e de produção. É comum uma fábrica ter vários softwares SCADA/IHM diferentes, por isso é importante que o seu software de comunicação trabalhe com o maior número possível de softwares – requisito plenamente atendido pelo KEPServerEX. Se o seu aplicativo é um cliente OPC DA, ou um cliente OPC UA (com perfil DA) ou ainda um cliente OPC XI (com perfis DA ou AE) ele pode se conectar ao KEPServerEX.


Servidor e Cliente DDE - O DDE foi o precursor do OPC na automação industrial. O KEPServerEX oferece o DDE como opção de conectividade para aplicações herdadas (antigas) que não suportam métodos mais modernos para troca de dados. Talvez a forma mais popular de usar o servidor DDE do KEPServerEX seja para apresentar os dados de processo e de produção provenientes dos equipamentos de automação em planilhas de Excel, uma vez que o Excel tem o recurso cliente DDE. O KEPServerEX também tem o driver Cliente DDE que pode ser usado para conectar a servidores DDE antigos (desenvolvidos para trocar dados com equipamentos de automação antigos).


Historiadores e Softwares de Coleta de Dados - Outro uso bem comum do KEPServerEX é habilitar o acesso aos dados de processo e de produção a softwares Historiadores e Coletores de Dados. Estes softwares buscam dados em equipamentos de automação ou em outros softwares (como os SCADA/IHM) e armazenam estes dados em tabelas de bancos de dados.


Outros Aplicativos - Na área dos softwares de gestão empresarial o KEPServerEX pode se comunicar com o R3 da SAP usando o módulo MII do R3, e com aplicativos de gestão de manufatura da Oracle. Na área de acompanhamento da produção diversos softwares de MES tem conectividade OPC e podem se aproveitar do KEPServerEX para coletar dados. Softwares para cálculo e acompanhamento de OEE, monitoração de tempo de parada de máquina são outros exemplos.



KEPServerEX - Diagrama Conceitual

Funcionalidades do Servidor

  • Implementa uma arquitetura Cliente/Servidor, que inclui os seguintes componentes: Configurador,Runtime, Administrador e Log de Eventos.
  • Suporta operação em modo serviço de sistema ou modo interativo.
  • Suporta dois tipos de redundância: redundância de mídia e redundância de dispositivos.
  • Tem sistema para gerenciamento de usuários e seus privilégios para controlar o acesso destes usuários ao Runtime.
  • Suporta o redirecionamento da identificação do programa (ProgID) para que os usuários possam mapear servidores OPC de terceiros ao KEPServerEX de modo a permitir a reconfiguração rápida dos projetos Cliente OPC.
  • Suporta recurso “Secure by Default” que permite aos usuários selecionar quando o servidor vai respeitar as configurações de segurança DCOM de forma como eles aparecem no utilitário de configuração DCOM.
  • Suporta Auto-Demotion de dispositivos, o qual permite aos usuários colocar temporariamente um dispositivo fora da varredura quando ele parar de responder.
  • Suporta o Host Name Resolution, ou seja, você pode usar o nome da estação ao invés de usar o endereço IP.
  • Suporta a definição no servidor de taxa de varredura ao dispositivo, a qual específica a velocidade na qual o servidor irá adquirir dados a partir de um dispositivo conectado a rede.
  • Suporta encapsulamento Ethernet para comunicação com dispositivos seriais conectados a servidores de terminal na rede Ethernet.
  • Suporta geração automática da Lista de Tags.
  • Suporta a criação de múltiplas tags, rapidamente, incrementando nomes e endereços, através do recurso Multiple Tag Generation.